+351 924 002 690 info@ideias-digitais.com

-Erico:” Olha…” -José Roberto:” Ahh ser ilustre!” -Erico:” Tudo bom ser ilustre? Como é que tá? Sente até o pulmão né?” -José Roberto:” Gatinho ‘zoiudo’ ” -Erico:”Como é que tá cara? -José Roberto:” Tô no céu! Erico:” Cheio de gente aí hein.” José Roberto:” Onde você está tem uma câmera.” -Erico:” Tem!” -José Roberto:” Não sei porquê. Vocês têm ideia do que é isso?” -Erico:” Daqui a pouco vai estar acontecendo com você e você nem sabe.” Como é que foi entrar aí?” -José Roberto:” Nossa, céu!” -Erico:”Você lembra do estádio de futebol?” -José Roberto:” Já tá acontecendo.” -Erico:” Já aconteceu né?” -José Roberto:” É, já aconteceu pela internet né? E agora está acontecendo…” Erico:” Ou como diria um grande filósofo já aconteceu mas ainda não aconteceu mas já aconteceu.” -José Roberto:” Internamente.

Os movimentos foram pra concretizar externamente.” -Erico:”Mas eu fiquei muito feliz, eu tava falando com o Marcelo e ele falou que quando começou há um tempo atrás eles imaginavam uma, lembra quando era uma salinha de reunião?” -Marcelo:”Lembra o dia que a gente desembarcou e ficou 9 horas em reunião escolhendo o nome, como seria, que dia seria o semente e o ‘encagassamento’ do dia do semente?” -José Roberto:” E a internet que caiu 7 vezes no dia do semente.” -Marcelo:” Nunca vendi, nunca vendi. E hoje aí.” -Erico:”E agora 500 pessoas na primeira tacada.” -Marcelo:” Ficou bom?” -Erico:” Ficou! Parabéns!” -José Roberto:” Gratidão!” -Erico:”Muito bom, tava espiando ali bem de leve e o pessoal tem o coração muito grande né? Muito bom falar pra uma galera assim. Isso é você expandindo pra eles né? O cara que tá ali na frente tá… parabéns! Só o começo ainda… -José Roberto:” Quer saber a diferença do empreendedor que tem sucesso e o que não tem sucesso? Eu te falo.” -Erico:” Eu quero!” É o que faz aquilo por propósito, por missão e não o que faz aquilo por profissão.

Por profissão também dá certo, mas é raso, tem raízes profundas. A gente processa em muitos níveis, níveis consciente e inconscientes e hoje o meu trabalho é uma missão, é um propósito, a minha missão é descomplicar as coisas. Como sou um cientista quanto mais conhecimento eu puder agregar de uma forma bem simples mesmo, arroz, feijão e bife e batata essa é a minha missão mas o meu propósito é ajudar as pessoas a serem melhores. Então quando eu tenho um trabalho é uma missão, que tem a ver comigo, então a minha missão é descomplicar a ciência pra tornar ela tangível pra qualquer pessoa mas o meu propósito é que as pessoas sejam melhores. Quando eu vou empreender por uma missão de colocar uma parte da minha história, o que eu sei e o que tem significado, que deu certo e eu poder ajudar outras, que é minha missão e eu vou fazer por isso pra que as pessoas sejam melhores, eu vou ter resultado financeiro sem precisar dele.

Eu gosto muito da teoria de 7 níveis porque eu estudei 55 teorias alternadas. O Deepack Chopra que é médico, um guru indiano, ele diz assim que tem a lei do desapego. O que é a lei do desapego? Eu faço alguma coisa sem a neurose de dar certo sabendo que antes de começar já deu certo então eu não tenho aquela pressão em mim muito muito muito forte. Eu sei que eu vou dar o melhor de mim, isso é bom porque é sistêmico, isso é bom porque conforta minha alma porque eu vou fazer isso com amor, com missão mesmo, com a clareza dos papéis que eu tenho no mundo, com a minha identidade mas eu sei que isso que eu vou fazer vai ajudar outras pessoas a serem melhores. Então quando eu sou empreendedor de missão e propósito eu tenho 10 vezes mais possibilidades de dar certo. Então quando eu falo, eu vou fazer um produto, eu tenho que pensar que produto é esse, quem eu sou, o que isso vai agregar na minha vida e o que isso vai agregar na vida das pessoas. É muito mais do que performance e método e muito mais do que estatística, o método, a performance, a estatística é uma parte importante mas sem essa outra parte que é o self 1 e self 2, mente consciente inconsciente é raso.

Então o empreendedorismo tem a ver com aceitar a polaridade do ser humano, de ser estratégico, técnico, metódico mas de ser alma, de ter missão, visão e propósito. É como se uma coisa combinasse com as outras e as pessoas que conseguem viver isso elas têm resultados extraordinários. Eu posso fazer algo abrindo mão do resultado sabendo que o resultado será o melhor resultado que eu tenho, sem a neurose, sem a pressão ah tem que fazer não sei o quê, não! Porquê? Ah eu não consegui agora. Eu não consegui agora porque a vida se faz caminhando então eu vou ter 3 passos, 1,2,3. O primeiro, quanto que eu já saí do que eu era? E agora qual o próximo passo? Você fala muito isso nas suas explicações de várias maneiras Erico.

Você diz sobre os lançamentos né? Que é muito interessante que você vai fazer o lançamento pra você ir pegando performance e caminhando o caminho e aprendendo e a gente aprendeu isso com você no Fórmula de Lançamento na estrutura do IBC. É o lançamento semente, o lançamento só a gente e agora um lançamento em parceria. Então é esse movimento, é essa evolução porque se eu abro mão do resultado o resultado que eu tenho eu comemoro e eu sei que 3 fases, 3 ciclos é um número perfeito, é uma tríade então eu não preciso ficar louco assim, eu quero agora o resultado! O resultado pode vir em 3 passos, já é bom o suficiente, já é maravilhoso ou quem sabe eu tenha esse resultado? Mas sem dizer, eu preciso, eu quero, eu tô morrendo e tal… não! Dá o melhor de você, só isso que a gente precisa fazer! E as pessoas que agregam isso na vida delas elas são pessoas extraordinárias e isso é legal.

Desde de a primeira vez que eu te conheci e eu não sei se você lembra que a gente fez uma sessão de coaching e eu nem falei pra você mas era uma sessão de coaching porque eu fiz o Shazam e quando você trouxe os valores da sua vida, os momentos mágicos, os momentos de dificuldades e eu me lembro né? Da sua família, lembro do seu filhotinho ele é muito legal, então aquilo né? Me aproximou mais de você porque o que eu queria saber é, você não sabia o que eu queria saber, eu queria saber de valores metafóricos. Eu faço perguntas metafóricas, eu não pergunto pra pessoa o que eu quero saber eu pergunto uma metáfora e eu aprendi a falar por metáforas porque a metáfora é o que você me responde da alma, é com o self 2, o self 1 nem identifica a pergunta direito então o poder de perguntar por metáforas é um grande poder do ser humano.

Isso a gente ‘starta’ missão, visão, propósito, é maravilhoso e adepto da psicologia positiva eu estudo felicidades, virtudes e forças de caráter. Então quando o ser humano desenvolve isso que é a psicologia positiva é uma área da ciência que estuda felicidade, 3 níveis de felicidade, 6 virtudes do ser humano e 24 forças de caráter do ser humano, a gente foca só no que é bom pra transcender o que é ruim.

Quando a gente tem esse mindset, essa estrutura de pensamento, essas bases teóricas que norteiam o nosso pensamento nós somos pessoas melhores. Então o que o IBC hoje prega? O que a gente ensina? Valores! Valores mesmo. Valores morais, espirituais, éticos mas de uma forma científica, técnica, acadêmica, trazendo áreas de neurociência, de psicologia, da própria gestão, do mundo financeiro, esta mistura, isso é uma missão! Então o empreendedor que eles falam, ah um produto, eu vou falar isso porque eu aprendi isso com você, qualquer pessoa pode lançar um produto, por que? O que eu fiz na minha vida que deu certo? O que eu fiz na minha vida que faz sentido pra mim? O que eu fiz na minha vida que eu tenho uma paixão incontrolável? Uma coisa sobrenatural? O que eu posso? Posso ter 50 defeitos mas eu tenho um poder, foca nesse poder! Esse poder, como eu ensino isso? Como eu sinto isso? Como eu vivo isso? Então pra mim o produto tem a ver com essa habilidade, essa competência, mas essa paixão, essa missão porque aquilo teve um significado de transformação na sua vida e aí você pensa, e se eu pudesse levar isso pras outras pessoas? Pra mim o empreendedorismo digital começa na paixão e na expertise que você tem de fazer alguma coisa e na vontade louca que você tem, eu quero falar isso pras outras pessoas.

Esse ano, foi o ano de transformação na minha vida porque eu tenho uma dificuldade maior porque pra mim as pessoas, as pessoas, as pessoas, é bom demais da conta, e a câmera eu tô vendo as pessoas mas eu não tô vendo as pessoas. Mas quando eu comecei a pensar, bom por mais que os meus treinamentos eu consiga atender olhando nos ‘zoin’ das pessoas, 100 pessoas, mas como eu faço isso pra milhares de pessoas? Foi isso que me convenceu, isso é missão! Porque assim, a gente tem uma estrutura legal, a gente tem um faturamento extraordinário, a gente cresce pra caramba mas quantas pessoas? Só 100 pessoas por semana eu vou conectar com a alma deles? Por que não ser milhares de milhares? Igual nós estamos aqui no Ser Coach, 500 pessoas né? Que maravilhoso! A gente tomou até um susto, tivemos que por mais cadeira ontem porque passou da nossa previsão, as pessoas vêm assim mesmo e vêm.

E quando você, lembro, 4000 pessoas você me faz um convite aí falei assim, nossa, o que eu posso falar e sentir e me emocionar e verdadeiramente passar pras pessoas que mudou a minha vida, que mudou a vida de milhares de pessoas? O que eu posso fazer? O que eu posso sentir? O que eu posso doar? Prosperidade é dar e receber. Uma coisa legal que eu demorei anos pra aprender é assim, que eu posso ensinar o que eu sei tudo porque eu aprendo a cada dia e por mais que eu ensine tudo que eu sei eu nunca vou ensinar tudo que eu sei porque quando eu dormir hoje, amanhã? Sou melhor! E como eu estudo bastante eu dou bastante então esse abrir mão e doar, isso é muito forte e você faz isso com maestria e talvez um grande segredo seu seja a doação. Do que você aprende, já ensina, aprende já ensina.” -Erico:”Faço diariamente!” -José Roberto:” Isso é desapego, isso que é uma das leis espirituais. É mais ou menos isso.”.

Encontramos esse conteúdo no Youtube

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.